UM ANO DE PANDEMIA. COMO LIDAR COM A ANSIEDADE?

Você imaginou que estaríamos como estamos? 

Um ano de pandemia. Na verdade, um pouco mais, mas um ano que nós vivemos com o vírus muito perto, com notícias devastadoras, medo, ansiedade, isolamento e restrições.

No começo, a grande maioria achava que seria mais rápido – você chegou a pensar diferente?! Mas aqui estamos, um ano depois, vivendo a pior fase que essa doença trouxe. Nesse momento, ou você já teve COVID ou alguém muito próximo adoeceu. Talvez você tenha perdido alguém querido ou sabe de um conhecido que está lutando contra a doença. Você faz o que pode, tenho certeza, mas dentro disso, fica quase impossível não se abalar. Não é só questão de saúde, é um todo – finanças, relacionamentos, mudanças de vida que, no final das contas, acaba sendo saúde, né?!

Como lidar com a ansiedade sendo que ela parece já fazer parte da sua rotina ou de quem está muito perto?

Primeiro, gostaria de falar sobre O QUE NÃO FAZER:

– não veja notícias a toda hora (isso só aumenta a ansiedade, nervosismo e estresse). Escolha um ou dois programas de TV para se informar ou selecione um horário do dia para ler aquele site que você gosta. Você não precisa consumir conteúdo sobre a pandemia o tempo todo, todo o tempo.

– não compartilhe notícias ruins. Às vezes, o silêncio é melhor do que palavras. Todos nós – todos, sem exceção – já estamos sabendo da situação, conhecemos casos terríveis, vimos de perto a força que esse vírus tem. Você ficar falando sobre o assunto não irá agregar.

– não seja um fiscal do corona vírus – ao entrar nos lugares, evite fazer um “raio-x” de tudo que está errado e foque apenas em fazer a sua parte o melhor possível.

– evite exageros. Exagero de açúcar, álcool, sono, celular ou trabalho, por exemplo. Todo excesso esconde uma falta e, se você está se excedendo em algo, indico buscar ajuda.

Agora, a lista DO QUE FAZER:

– tenha uma rotina que respeite o ciclo circadiano. A noite é para dormir e, o dia, para ficar acordado. Respeite o ciclo da natureza e durma e acorde cedo.

– coma comida de verdade. Comida simples, comprada em feira. Frutas, legumes, carnes e frutas. Ter uma alimentação de qualidade irá te ajudar na saúde física, mental e emocional. Muita gente não sabe, mas isso reduz a ansiedade, sim!

– tome banho de sol. 15 minutos por dia já são suficientes para você se sentir bem a longo prazo.

– escolha poucas, mas boas pessoas para conviver. O isolamento social ainda deve ser respeitado, então, escolha poucas pessoas para estar perto (e seja a escolha dessas pessoas, também – se elas estiverem vendo muitas outras pessoas, evite).

– pratique religião ou espiritualidade. Tem alguma crença? Se apegue a isso. Ter fé fortalece o sistema imunológico e diminui a ansiedade. Acreditar no melhor faz com que, aos poucos, você também consiga ver coisas boas diante disso tudo que está acontecendo.

– se dê um momento de lazer. Um seriado, um livro, um jogo de cartas, um jantar com a sua comida favorita ou um cinema em casa. Conscientemente, escolha fazer algo simplesmente por prazer.

Isso vai passar. Até lá, cuide-se!