Como sair em férias e não adoecer?

Uma situação muito comum (que pode ter acontecido com você): as coisas no trabalho estão ótimas, mas a demanda é alta. Você está trabalhando demais. Carga horária pesada, muitas coisas para resolver, estresse visível. Quando você consegue tirar férias, o que acontece? Você fica doente! Poxa! Justo no momento em que conseguiria relaxar?!

São inúmeros os casos que eu atendo em que ouço esse relato ou um muito parecido. As pessoas dão um duro danado para conseguir cumprir seus compromissos antes de saírem em férias e, quando o momento do descanso chega, elas ficam doentes.

O psicólogo holandês Ad Vingerhoets, da Universidade de Tilburg, até criou uma expressão: “mal do lazer”.

Há uma tese que possui uma explicação hormonal para isso que acontece: quando temos a oportunidade de descansar, desligar o celular e não ter preocupações, os hormônios ligados ao estresse, que ajudam a lidar com tarefas diárias, se desequilibram e deixam o corpo mais suscetível a doenças. Adrenalina e cortisol são exemplos de hormônios que alteram quando há mudança na rotina, principalmente quando a mudança ocorre de maneira rápida.

Por isso, o post de hoje traz orientações simples para isso não acontecer e você curtir as férias do jeito que está sonhando!

Reduza o ritmo antes de sair em férias: ter uma carga horária intensa e parar abruptamente gera um choque ao organismo e isso, consequentemente, pode causar queda na imunidade.

A dica é diminuir a carga horária, resolver as coisas com mais leveza, desligar o celular às vezes… É difícil? SIM! Principalmente quando tudo precisa ficar “redondinho” para você não ter incômodos enquanto estiver longe. Mas não é impossível:

– Uma semana antes de sair em férias, comece a fazer pequenas pausas durante o dia para se acostumar com a sensação de não trabalhar. 10 minutos já são suficientes. Vá tomar um café, ligue para algum amigo… desligue do trabalho.

– Tenha, no mínimo, 1 hora para almoçar. Faça isso fora do local de trabalho e evite conversar sobre isso durante a refeição. Se o estresse estiver alto, é comum você querer comer muita gordura e doces. Tenha consciência na hora da escolha das refeições. Equilíbrio no prato para promover a saúde!

– Agende uma massagem. A massagem, além de relaxar e diminuir a tensão – física e emocional -, auxilia no fortalecimento do sistema imunológico.

– Desligue, durante algumas horas, o Wi-Fi do seu celular. Talvez durante o sono, para o impacto não ser tão grande. Para você e seus clientes/pacientes/colaboradores/colegas irem se acostumando que, em breve, você estará ausente.

– Use óleo essencial de hortelã-pimenta ou laranja azeda em um aromatizador de ambiente (caso você goste dos aromas). Tais óleos auxiliam muito na diminuição do estresse, são imunoestimulantes e energizantes. Farão com que o trabalho renda!

– Se você SEMPRE fica doente quando sai em férias, então é bom mandar manipular tintura de equinácea e ingerir 15 gotas, diluídas em água, 3x ao dia. Comece 20 dias antes de sair para o descanso e continue por 1 semana durante as férias.

Dicas simples que podem auxiliar – muito! – para que essas queixam não se repitam e você consiga curtir as férias do jeito que merece (e precisa).